Olá povo! Como vocês estão? Hoje vim mostrar para vocês um pouquinho de como eu faço para organizar minhas leituras...
1 – Organização no BUJO
Logo quando comecei a usar o bullet journal, fiz uma página com livros lidos (já estou no 2º BUJO, por isso os números são altos) e coloco ali sempre a data de início e término de uma leitura, assim sempre vou saber quais livros li em que época. 

2 – Intercalar o assunto dos livros
Sempre procuro não ler muitos livros parecidos numa sequência. Por exemplo, li obsidiana e quando a Bela domou a Fera logo depois, para evitar que quando eu faça a resenha eu me perca. 

3 – Resumo dos livros no BUJO  - NÃO LEIA A IMAGEM SE NÃO QUISER SPOILER
Ao terminar a leitura (ou dias depois) procuro fazer um resumo do livro no meu bullet, faço na verdade o post da resenha, porém para mim coloco acontecimentos e frases que gostei. 

4 – Uso de Post It
Normalmente, meus livros são marcados com duas cores. Uma para as frases que acho legais e outra para os acontecimentos que gosto, assim sempre posso pegá-los e relembrar. 

5 – Leitura por capítulo
Procuro sempre começar a ler quando consigo terminar um capítulo, ou quando o livro tem pausas dentro de um capítulo, assim sempre termino de ler sobre o assunto daquele capítulo e evito que me perca dentro da história.

E é isso! Como vocês organizam suas leituras?
Espero que tenham gostado e até a próxima!
Beijinhos
A veroneira




                Olá povo! Como estão? Hoje vim fazer a resenha do primeiro livro de uma série babadeira. O livro em questão é Obsidiana, primeiro livro da Saga Lux.
                Depois da morte do pai, Katy e sua mãe resolvem continuar com sua vida e se mudam para o interior, numa cidade chamada West Virginia.
                 Logo que chegam, Katy descobre que tem vizinhos da idade dela e resolve fazer amizade com eles. Com Dee tudo é muito fácil, a garota é simpática e aparenta querer a presença de Katy. Já com Daemon, o irmão gêmeo de Dee, Katy não consegue se entender. 
                Daemon é lindo. Porém, quando abre a boca, Katy tem vontade de mata-lo. Além disso ele é estranho e quando coisas sobrenaturais começam a acontecer, Katy se vê em meio a uma realidade que ela jamais imaginou existir.
                O que mais me encantou no livro foi o casal Katy e Daemon. Me encontrei muito na Katy, pois ela é doce, forte e ao mesmo tempo ela tem aquela coisa de “falar na cara” e ela também é apaixonada por livros, inclusive tem um blog. Daemon é misterioso, lindo e faz o estilo “bad boy”, mas ele é bom. Ele é protetor, carinhoso e quando não se faz de besta é apaixonante.
                Ambos têm uma relação de amor e ódio, mas no fundo é nítido a atração que sentem. Entretanto, apesar de se mostrarem um casal forte, eles também são bem teimosos, e acabam tendo que assumir seus próprios erros.
                A autora criou um universo totalmente novo, mas ela o introduziu tão bem na história que os personagens se tornaram muito reais. Além disso, o livro tem um ritmo rápido, com uma narrativa fácil e gostosa e mescla o melhor dos livros, porque ele tem romance, ação, drama, fantasia... Enfim, tem tudo o que torna um livro, apesar de clichê, especial.
                Então é isso pessoal! Vocês já leram? O que acharam?
                Espero que tenham gostado e até a próxima!
                Beijinhos
A veroneira




                Oi pessoal! Tudo bem com vocês? Hoje vim fazer mais uma resenha de um romance de época arrebatador. O livro de hoje se chama: Dez formas de fazer um coração se derreter. Vem ver o que achei...
                Isabel Tousend sempre foi destemida e decidida. Nunca deixou de colocar a mãe na massa e sempre fez de tudo para proteger e seu irmão e as meninas que passou a abrigar em sua casa (também conhecida como casa de Minerva).
                 Entretanto, depois que o pai de Isabel, o conde Perdulário morre e não deixa nada para eles, Isabel se vê à beira da ruína e resolve salvar a todos vendendo a única coisa que era dela, suas estátuas. 
                Para sua sorte, Isabel é salva de uma quase morte por um especialista em antiguidades, Nicholas St’John, o solteiro mais cobiçado de Londres.
                Ao levar Nicholas até sua casa, Isabel logo se dá conta que ele pode ser um risco a suas meninas e ao seu próprio coração.
                Dez formas de fazer um coração se derreter é um livro incrível! A autora criou personagens fortes, destemidos, inteligentes, sagazes e sensuais. Sua narrativa não manteve o mesmo ritmo... Ela foi engraçada, misteriosa, espirituosa e tantas outras coisas que fazem sua narrativa se tornar mágica e instigante.
                A autora criou uma atmosfera tão sensacional que me prendeu do início ao fim, e ainda me fez pedir por mais.
                Não sei quem me conquistou mais entre Nicholas e Isabel. Nicholas é protetor, sempre atrás de alguém para cuidar. Ele é simpático, bondoso e misterioso. Já Isabel é durona, destemida, inteligente e um tiquinho teimosa. Ela é uma protagonista tão maravilhosa que chega a encher de orgulho.
                E a revista... Pérolas e Peliças fez grandes introduções aos capítulos e deixou as coisas mais interessantes, mostrando como homens e mulheres eram vistos na sociedade, o que se provou uma cartada de mestre.
                E então é isso pessoal! Vocês já leram? Gostaram?
                Espero que tenham gostado e até a próxima!
                Beijinhos
A veroneira